Como Ajudar

Como associação sem fins lucrativos e dependente de donativos, a nossa capacidade financeira não nos permite fazer face às muitas despesas que temos com os nossos animais. Trabalhamos com pouquíssimos recursos, tentando com eles, ajudar o máximo de animais com os quais nos cruzamos. Se gostaria de nos ajudar, apoiando o nosso projeto conheça as muitas formas de contribuir:

Adotar

Partilhe a sua vida com um amigo de quatro patas adotando um dos nossos patudos, para isso basta preencher um termo de responsabilidade e proceder ao pagamento de 25€, valor que corresponde ao valor do chip e da vacinação.

O chip e a vacina serão tratados pelo veterinário municipal assim como o registo para o seu nome.

Termo de responsabilidade do adotante

Candidatura de adoção

FAT - Famílias de Acolhimento Temporário

Ser Família de Acolhimento Temporário é um ato de amor maior do que se possa imaginar!

Ser FAT é amar, cuidar, tratar, ver morrer ou ver partir para uma família definitiva. Animais mais novos, bebés, idosos, animais debilitados ou até com temperamentos mais difíceis beneficiam imenso ao serem colocados em FAT, tendo a possibilidade de serem recuperados, reabilitados e preparados para o início de uma nova vida.

Se não pode adotar, mas quer ajudar a fazer a diferença na vida destes animais, seja FAT! Seja o primeiro passo na mudança de vida dos nossos patudos!

As despesas com os animais são suportadas pela associação, apenas terá de se preocupar em dar amor e mimar!

Candidatura de familia de acolhimento temporário

Apadrinhamento

Apadrinhar um patudo é um ato de solidariedade ao alcance de todos os que se preocupam com o bem estar dos animais e não têm condições para os adotar. Ao apadrinhar um dos patudos está a criar uma ligação com o mesmo, partilhando assim a responsabilidade por ele com a associação e auxiliando desta forma a associação na melhoria das condições dos nossos patudos. 

O apadrinhamento está disponível para qualquer pessoa, família ou grupo podendo apadrinhar um ou mais patudos. Todos os patudos apadrinhados continuam, no entanto, para adoção. Se o patudo for adotado, os padrinhos serão informados e poderão escolher outro afilhado/a. 

O apadrinhamento implica um compromisso com o patudo apadrinhado a dois níveis:

  1. Contribuição Financeira que tem por objetivo a comparticipação na despesa do seu protegido:
    • Pagamento de uma esterilização;
    • Pagamento de alimentação;
    • Pagamento da desparasitação interna e externa;
    • Pagamento de uma tosquia/banho;
    • Outras.

    • Pode também efetuar contribuições financeiras facultativas como:
      • Pagamento das vacinas;
      • Pagamento de uma cirurgia, um internamento ou um tratamento;
      • Outras.
  2. Envolvimento Pessoal, divulgando o seu protegido, tendo por objetivo conseguir-lhe uma boa adopção, podendo por exemplo colocar anúncios em publicações da especialidade, Veterinários, Lojas de Animais, Sites na Internet, etc., ir buscá-lo para passear, levá-lo a tosquiar, etc.

 

Períodos de apadrinhamento

Os Padrinhos podem optar por um dos seguintes períodos de apadrinhamento:

  1. 3 meses
  2. 6 meses
  3. 1 ano (35 patinhas)
  4. Até ser adotado

No fim do período seleccionado, o apadrinhamento pode ser renovado se os padrinhos assim o desejar.

 

Kits de apadrinhamento

  1. Apadrinhamento
    • Apadrinhe o seu patudinho preferido - 35 patinhas/ano.
  2. Desaparasitação
    • A desparasitação é um dos cuidados básicos a ter com o cão e muito importante para a sua saúde e dos que o rodeiam.
      • Desparasitação interna e externa- 15 patinhas/3 meses
  3. SPA
    • Os cuidados com o pelo são essenciais para o bem estar e saúde do patudinho.
      • Banho + tosquia- 10 patinhas
  4. Alimentação
    • Ajude a alimentar um patudinho- 12 patinhas/mês.
  5. Esterilização
    • A esterilização previne as principais doenças do sistema reprodutor e diminui o risco de doenças contagiosas e de acidentes (intoxicações, lutas, fugas e atropelamentos)
      • Esterilização fêmeas- 80 patinhas
      • Castração machos- 40 patinhas

 

Processo de apadrinhamento

Ficha de apadrinhamento

Os métodos de pagamento estão explicados no separador  a baixo "Monetariamente", ao apadrinhar um patudinho recebe um íman magnético com a foto do afilhado.

Monetariamente

Todos os bens, gestos e dinheiro são o sustento da esperança dos nossos patudos em ter uma vida melhor até encontrarem a família que lhes devolva a felicidade, se desejar efetuar o seu donativo em dinheiro, poderá fazê-lo das seguintes formas:

  1. Por transferência bancaria
    • IBAN: PT50 0045 3440 40250692182 88
    • Neste caso, envie-nos o comprovativo para o nosso email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  2. Entregue diretamente na nossa associação
  3. Via PayPal
    • Directamente para o email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Se a ajuda financeira não for o ideal para si, lembre-se que pode sempre ajudar com bens (mantas, ração, ...), pode também ajudar sendo voluntário no abrigo ou com a simples partilha dos nossos patudos para adoção, ajudando assim a mudar a vida dos nossos patudos. 

O que necessitamos

Como amigos dos animais queremos sempre o melhor para os nossos patudos, mas como associação sem fins lucrativos nem sempre nos é possível adquirir os bens que os nossos patudos precisam para terem uma vida melhor enquanto esperam pela nova família. Se quiser percorrer este caminho ao nosso lado pode entregar-nos alguns dos bens preciosos para a felicidade dos nossos patudos, como: 

  1. Ração e patê ( Em espécie ou 12 patinhas / mês)
  2. Desparasitação interna e externa (15 patinhas / 3 meses)
  3. Cuidados com o pelo: Banho + Tosquia (10 patinhas)
  4. Esterilização / Castração  (Fêmeas 80 patinhas / Machos 40 patinhas)
  5. Medicamentos
  6. Caminhas de plástico
  7. Mantinhas
  8. Detergentes para chão e para roupa
  9. Trelas e coleiras

 

 

Voluntariado

Não é a ambição nem a busca de riqueza material ou notoriedade que os move… São empurrados pela vontade de ajudar, pela procura de riqueza emocional e pela certeza de poderem dar um contributo para a construção de um futuro diferente e melhor e assim fazer a diferença… São voluntários…

Ao voluntariar-se para ajudar precisa de ponderar vários factores, um deles é se tem estrutura psicológica para conviver com a realidade que é o abandono. É muito diferente ver os amigos num site e estar defronte deles, ver os olhos pedintes, ver a tristeza e o desalento. Não pode também ter medo de cães.

Se após boa ponderação chegou à conclusão que quer mesmo ajudar, então seja bem-vindo! Há muitas actividades em que pode ajudar:

  1. Nas limpezas
  2. A distribuir mimos
  3. A escovar os amigos
  4. A passear os amigos
  5. A levar e trazer amigos do veterinário
  6. A transportar ração doada
  7. A participar em campanhas de adoção/divulgação
  8. A angariar bens
  9. E, muito importante, a divulgar os amigos para adoção

 

Deverá preencher a Ficha Inscrição Voluntário.

Para aqueles que são menores de idade, deverão trazer autorização escrita do encarregado de educação em como podem fazer voluntariado.